Animais em apartamento: orientações para uma convivência pacífica

04 de Novembro de 2016

O confinamento é, talvez, a preocupação mais significativa dos amantes de animais quando se fala em criar um cão, gato ou  algum animal exótico, como furão ou pássaro, em apartamento. Os dois animais mais comuns são os caninos e os felinos e exigem cuidados especiais para manter a convivência com os vizinhos agradável e seguir o regulamento do condomínio sobre a permanência e circulação dentro e fora das residências, desde o tamanho ou a raça dos cães até a utilização de focinheira nas áreas comuns. 

Para o médico veterinário e diretor da Clínica São Francisco de Assis, Cláudio José de Assis, "os amantes de cães e gatos têm que compreender que existem vizinhos que não gostam de cães, por exemplo, porque ficam incomodados com os latidos e é preciso respeitar isso, já que o radicalismo é prejudicial para a convivência dentro do prédio", explica.

Assis dá algumas orientações podem ser colocadas em prática por donos de cães e gatos, entre elas, incluir no orçamento familiar as despesas com alimentação, banho, vacinas e outros cuidados que exigem orientação de veterinários. "Ninguém deve ter um cão ou gato por empolgação porque eles também envelhecem e precisam de cuidados especiais. No caso de uma viagem prolongada, por exemplo, o animal vai precisar ficar em outro local como um hotelzinho e tudo isso tem custos", disse. 

Se os donos decidirem que a fêmea não vai reproduzir, o médico indica castrar antes do primeiro cio que pode ocorrer a partir dos seis meses, tanto em caninos quanto em felinos. As vacinas também devem ser aplicadas, sob orientação de médicos veterinários, para alcançar a imunização adequada. "A vacina é a melhor maneira de prevenir e manter os animais saudáveis. Não se deve sair com filhotes de cães antes de completar todas as vacinas", alerta.

Gatos e cachorros são os animais mais criados em apartamentos e precisam de cuidados específicos. Crédito da foto: Fotolia

Gatos

Para os donos de gatos, a orientação é colocar tela nas janelas do apartamento para evitar acidentes. "A gente recebe gatos que caem dos andares porque eles têm um instinto selvagem intenso e ele não deixa de caçar, mesmo que seja mariposas. Na época em que os animais estão no cio eles vão para a janela em busca de reprodução e aí ocorrem alguns acidentes também", explica. 

A alimentação é outro item que deve ser escolhido especificamente para o gato por conta da substância que tem na ração e é necessária para a sobrevivência do animal, de acordo com o médico. "Os felinos gostam de brincar e existem vários objetos para arranhar, testar o reflexo e isso é importante para minimizar o stress do confinamento no apartamento. Os gatos são muito limpos por natureza mas não são tão participativos como os cães", disse.

Cães

De acorco com Cláudio, os cães precisam conviver em grupo e a "matilha" hoje é a família e o cão. Para evitar comportamentos agressivos, o médico orienta adestrar o animal "porque os temperamentos são diferentes na própria ninhada. Existem diferenças individuais de comportamento e a particularidade desse animal é o olfato. Ele tem esse sentido muito apurado e percebe várias coisas que acontecem com o dono. A audição também é outro sentido importante e o cão vai adotando comportamentos convenientes para ele". 

Adestrar os cães é uma alternativa para o animal se adaptar ao espaço do apartamento. Crédito da foto: Fotolia

A alimentação deve ser realizada de acordo com o peso do animal para evitar sobrepeso, por exemplo, ou uma desnutrição. "Se a ração for excessiva você vai gastar mais do que o necessário e piorar a vida dele porque a obesidade não é salutar. Existem rações específicas de cada raça que além de manter a saúde dos animais podem prolongar a vida deles", afirma. Para quem mora em Cuiabá, o médico veterinário indica escolher um local adequado longe das áreas onde tem incidência solar na parte da tarde para não interferir no conforto do animal. Além disso, deve haver uma preocupação com os móveis e objetos de decoração como tapetes que podem ser danificados pelos animais. 

ASSUNTOS RELACIONADOS